Itupeva Imobiliária
 
Home
Localização
Cadastre seu imóvel
Fale Conosco
 
Locação
Venda
Venda / Locação
 
Apartamentos
Areas Comerciais
Áreas Industriais
Casas
Casas em Condomínio
Chácaras
Comerciais
Fotos dos Condomínios
Galpões Comerciais
Galpões Industriais
Salão Comercial
Terrenos
Terrenos Condomínios
Terrenos Comerciais
Terrenos para loteame
 
Notícias
Dicionário Imobiliário
Links Úteis
Financiamento
 
Notícias « Voltar
 
Publicada em 01/08/2013 - 12h12min
 

Limite de imóvel financiado pode subir ainda em 2013

 

O valor máximo de imóveis para financiamento dentro das regras do Sistema Financeiro da Habitação (SFH) - que permite ao consumidor o uso de recursos do FGTS e o pagamento de juros menores - deve ser expandido de R$ 500 mil para R$ 750 mil ainda neste ano, de acordo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip).

A proposta foi encaminhada meses atrás e segue em análise pelo Banco Central e Ministério da Fazenda. "A última vez que esse valor subiu foi em 2009.

"Se fôssemos corrigir só pela inflação, esse valor teria chegado a R$ 650 mil", afirmou o presidente da Abecip, Octávio de Lazari Junior, lembrando que o preço dos imóveis acumula altas bastante superiores à da inflação nos últimos anos.

Se a mudança for aprovada, Lazari acredita que haverá melhora na comercialização de imóveis, com mais pessoas aptas a fazer uma compra dentro das regras atrativas do SFH.

Expansão

A Abecip calcula que o crédito imobiliário deve crescer entre 15% e 20% em 2013. No início do ano, a entidade previa apenas 15% mas fez uma revisão na projeção após o avanço de 34% no primeiro semestre. Com a nova estimativa, os financiamentos devem encerrar o ano em um montante entre R$ 95,2 bilhões e R$ 99,3 bilhões.

No ano passado, o volume foi de R$ 82,8 bilhões. No fim do primeiro semestre, o crédito representava 7,4% do PIB brasileiro, ante 6,8% no fim de 2012. Até o fim de 2013, a Abecip calcula que esse porcentual ficará entre 8,2% e 8,7%.

O financiamento para compra e construção de imóveis deve se tornar a principal carteira de crédito para os bancos brasileiros ainda neste semestre.

A Abecip calcula que o saldo do crédito imobiliário deve atingir um patamar em torno de R$ 300 bilhões em agosto, superando, a partir daí, o saldo da carteira de crédito pessoal.

Segundo dados do Banco Central mencionados pela Abecip, o crédito imobiliário dentro do Sistema Financeiro Nacional (SFN) subiu 34% em 12 meses, superando o crescimento do crédito rural (23%), indústria (11%) e pessoa física (9%).

Com relação à inadimplência, medida pelos contratos com mais de três prestações em atraso, a Abecip informou que permaneceu estável em 1,9% até o mês de maio. Com isso, o crédito imobiliário permanece com o menor nível de inadimplência do mercado, abaixo do crédito pessoal (4,5%), veículos (6,3%) e cheque especial (8,2%).

 

Fonte: Exame.com

 
Leia Mais:
 
 
+ Notícias | « Voltar | Topo ^
Home | Localização | Cadastre seu imóvel | Notícias | Fale Conosco
© 2020 Itupeva Negócios Imobiliários - CRECI 20248J
Tel: 11 4591-3675 | 11 4496-4748 | 11 94320-2323 (Vivo) | 11 97065-0101 (Claro)
R. Comendador Xisto Araripe Paraiso, 190 - Jardim Sao Vicente - Itupeva - SP - CEP 13295-000
Share |
Desenvolvido por JHT

Home Home Imóveis Venda Locação Cadastre seu Imóvel Financiamento Localização Fale Conosco